PUERPÉRIO DA MULHER INDÍGENA: uma análise da assistência do enfermeiro baseada na teoria de Madeleine Leininger

INDIGENOUS WOMEN'S PUERPERUM: an analysis of nursing care based on Madeleine Leininger's theory

Home > CIÊNCIAS DA SAÚDE > TRAÇANDO CAMINHOS NA PRÁTICA DE ENFERMAGEM: CONHECIMENTO E CUIDADO


CIÊNCIAS DA SAÚDE Visualizações: 1489
Ano: 2023

Download do Capítulo

COMPARTILHAR
Resumo:

Objetivo: Examinar e analisar as evidências científicas sobre os cuidados purpureias do enfermeiro à mulher indígena. Metodologia: Scoping Review, baseado nos procedimentos recomendados pelo Instituto Joanna Briggs. Estabeleceu-se a pergunta norteadora: Quais as evidências científicas que as práticas culturais podem dificultar o cuidado do enfermeiro no puerpério da mulher indígena? Foram realizadas buscas em três bases de dados nacionais e internacionais. Dos 1942 estudos encontrados, 152 foram filtrados que após a leitura resultou em uma amostra final de 4 estudos analisados. Resultados: As 4 publicações analisadas foram de 2018 a 2023. Resultados: Os resultados mostram que, embora existam semelhanças entre as crenças e práticas tradicionais dos povos indígenas, cada etnia também apresenta características distintas que devem ser levadas em consideração pelos profissionais de saúde e pela política nacional. Conclusão: Espera-se que esse tipo de trabalho se some a outros que inspirem o desenvolvimento de políticas nacionais relacionadas à saúde da mulher indígena que sejam efetivas e não violem a identidade cultural dessa etnia.


Palavra-chave: indígenas,período pós parto,puerpério,cuidado pré natal,gravidez


Abstract:

Purpose: To examine and analyze the scientific evidence on the purpure care of nurses to indigenous women. Methodology: Scoping Review, based on the procedures recommended by the Joanna Briggs Institute. The guiding question was established: What is the scientific evidence that cultural practices can hinder the nurse's care in the puerperium of indigenous women? A search was made in three national and international databases. Of the 1942 studies found, 152 were filtered that after reading resulted in a final sample of 4 studies analyzed. Results: The 4 publications analyzed were from 2018 to 2023. Results: The results show that although there are similarities between the traditional beliefs and practices of indigenouspeoples,

each ethnic group also has distinct characteristics that should be taken into consideration by health professionals and national policy. Conclusion: It is hoped that this type of work will add to others that will inspire the development of national policies related to the health of indigenous women that are effective and do not violate the cultural identity of this ethnic group.


Keywords: indigenous,postpartum period,puerperium,prenatal care,pregnancy


Idiomas:


PORTUGUÊS

DOI:


10.48140/digitaleditora.2023.003.19

ISBN:


978-65-89361-19-0

AUTORES :


Danielly Conceição Costa
Lara Beatriz de Sousa Coelho
Juliana Kelly da Silva Souza
Andressa Ferreira de Brito
Luana Oliveira Façanha
Jennifer Victória dos Santos Gonçalves
Wyllma Rodrigues dos Santos Brito
Ana Alice da Conceição Santos
Ane Grazielle da Silva Rocha



Rua Luis Pires de Lima, 3770 – São João
Teresina – PI – CEP: 64.047-020
E-mail: [email protected]

Digital Editora - CNPJ: 37.684.427/0001-66

© 2024 - Digital Editora - Todos os direitos reservados.